Terça-feira, 6 de Dezembro de 2005

Do Outro Lado do Espelho

</p>

Noite de Natal, noite de Luz,
Risos ecoam na noite escura,
Comemora-se o nascimento de Jesus,
Festa que, há séculos, perdura.

Em cima da mesa estão,
Doces, castanhas e nozes,
Rabanadas de vinho e pão,
Esquecem-se guerras atrozes.

Cá fora o vento passa uivando,
E neve sobre a terra caía,
Pobre rapaz tiritando,
Nas peripécias do tempo, caminha.

Ao longe um senhor seguia,
Uma corrida sobre o agreste chão,
Com a sua mão, magra, estendida,
Falou-lhe assim ao coração.

Meu senhor tenha pena de mim,
Dum rapaz pobre que sou,
Minha mãe tem doença ruim,
Meu pai partiu, não mais voltou.

Mas o grande senhor,
Que dentro de luvas as mãos aquecia,
Seguiu sem escutar a dor,
E nem um olhar para o rapaz, volvia.

Quedou-se a mão que pedia,
E na mãe ficou pensando,
Que pobre, doente, tremia,
Na barraca onde o estava esperando.

Com a mãozinha suja e fria,
Lágrimas de dor foi enxugando,
Por não poder dar a sua mãezinha,
O pão que estava faltando.

E o rapaz num canto da rua,
Perdido na imensidão do mundo,
Banhado pela luz da Lua,
Caiu num sono profundo.

Um Anjo que por ali passava,
Olhando-o com ternura sincera,
Levou-o para junto da mãe amada,
Que outro Anjo da terra trouxera.


Até para o Ano!... 2005-12-06

publicado por marius70 às 18:05
link do post | comentar | favorito
Sábado, 3 de Dezembro de 2005

Um sol diferente!...

Intróito:

 Hoje é o Dia Internacional das Pessoas com Deficiência. Esta semana um invisual morre ao cair na linha do comboio por falta de algo que pudesse "dizer" ao invisual que a plataforma acabava ali e que para lá era a morte. Os diversos governos prometem e não cumprem. Os nossos deficientes continuam a via sacra, pedindo a quem de direito que olhem para eles e não por eles. Eles, os deficientes, sabem que neste mundo cruel, a deficiência não está na sua deficiência, a deficiência está na cabeça de quem nos governa, o maior cego não é aquele que não vê, é aquele que não quer ver.

 Este texto foi repescado, é a minha homenagem àqueles deficientes que comigo trabalham. Para eles toda a sorte do mundo na pouca sorte que tiveram em terem nascido ou ficado assim.

  Sentado, ia bebericando o meu café. Ouço uma algazarra e, de repente, surgem perante os meus olhos uma dezena de jovens.

  - Bom dia – disse eu – mais um dia de trabalho?!
  - É verdade – respondiam eles conforme se iam confrontando comigo e, como hoje é Segunda, uma boa semana para si.
  - Obrigado, também para vocês.

  Lá me iam cumprimentando e dando um aperto de mão, os mais afoitos, enquanto outros acenavam. Olhei para eles, homens e mulheres feitos e, imaginei como deveria ter sido a meninice. Cheia de dificuldades na adaptação a um mundo só deles, onde o futuro é incerto mas o presente uma realidade. Vão trabalhando, dando o melhor de si em tarefas que se adaptaram à sua forma de ser e não eles que se adaptaram às tarefas. São jovens deficientes.

  Quando o ovo da vida se abriu, como barqueiro que sai do seu barco, o sol que brilhou para eles afinal, não era igual,... ao brilho de outros sóis.



publicado por marius70 às 18:05
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

mais sobre mim

pesquisar

 

Janeiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

Eu, escriba!

Morreu o "canastrão"

Mudança de hora

Madonna

A "mãe" natureza

arquivos

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Março 2016

Fevereiro 2014

Novembro 2013

Agosto 2013

Outubro 2012

Julho 2011

Maio 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Maio 2009

Janeiro 2009

Outubro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Maio 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Agosto 2007

Maio 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Dezembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

tags

todas as tags

links

SAPO Blogs

subscrever feeds